Cafeína: Conheça seus males e benefícios

Sabemos o quanto a cafeína se torna a nossa melhor amiga nos dias de cansaço. No trabalho, o “cafézinho” é praticamente rotina. E convenhamos, muitas vezes esse tal “cafézinho” é na verdade, um copo cheio. Não é só ele na verdade que pode nos prover a cafeína. Refrigerantes, alguns chás e também bebidas energéticas, são provedores. Mas claro, em menor quantidade. Mas por que o café nos mantem mais “acordados”? E será que faz bem, se ingerido em grandes quantidades? Vamos entender um pouco mais.

Origem da café

Na verdade, não se sabe se é lenda ou não. A questão é que a historia é bem interessante e de certo modo, verdadeira. Tudo começou a muito tempo atrás, quando um pastor de nome Kaldi, iniciou a sua criação de ovelha. Os animais que ficavam no pasto, se alimentavam de frutos e plantas que ali cresciam. O pastor notou que as ovelhas andavam meio agitadas, e começou a acompanhar seus comportamentos. Notou que essa agitação se dava nos dias em que elas se alimentavam dos frutos de um cafeeiro. Kaldi então, experimentou esses frutos, e viu que realmente dava uma sensação de energia. E hoje já sabemos que é por conta da substância presente no café: A cafeína.

 

SIMULE AQUI O PREÇO DO SEU PLANO DE SAÚDE.

 

O que é cafeína

A cafeína é uma substancia encontrada em algumas plantas, como café, guarana e outras. Ela é classificada como um alcalóide. A substância é diurética, cardiotônica e estimula o metabolismo e o sistema nervoso central.  A cafeína atinge nossa corrente sanguina entre 40 minutos e 2 horas após o consumo. Já esta comprovado que ela prolonga e potencializa nosso estado de alerta e atenção. E é por isso que se torna muito comum em ambientes de trabalho.

 

Quais seus males e benefícios

Os seus benefícios e prejuízos, dependem de apenas uma coisa: A quantidade que ingerimos. Aqui temos alguns de seus efeitos no nosso organismo se ingerirmos até 300 mg de cafeína por dia:

  • Leve efeito antidepressivo;
  • Calmante;
  • Aumento de concentração e atenção;
  • Minui a fadiga mental.

Se ingerirmos acima de 300 mg por dia:

  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Falta de concentração.

 

Citamos alguns de seus principais efeitos. Ficou claro o quanto a dosagem é essêncial quando se diz respeito a como nosso organismo vai reagir. Seus efeitos podem ser até contrários. Café é muita bom sim, quando ingerido na quantidade correta. E de novo aquela história de que tudo em excesso faz mal. Use-a, mas use com moderação.

 

Saiba mais sobre a dieta do ovo.

 

Related Post

Copyright © 2017 | Desenvolvido por INAWEB DIGITAL. Site do Grupo Valor de Planos de Saúde.